Coaching Afetivo

Artigos

Imprimir


Os Três Pilares do Relacionamento de Casal


Relacionamento de Casal

Existem vários fatores que influenciam a qualidade de um relacionamento de casal, sendo que três deles são de extrema importância para um vínculo harmonioso: a vida sexual, a vida em comum e a aceitação do outro.


A Vida Sexual


Sexo é Vida. A maioria de nós só existe e está vivo por causa do encontro sexual entre nossos pais. É a atração e o desejo sexual que move inicialmente o encontro entre o homem e a mulher. A qualidade da relação sexual entre o casal é um dos fatores primordiais na plenitudade do relacionamento à dois. Porém, como saber o que é uma vida sexual de qualidade? Basicamente, podemos nos guiar pela satisfação mútua do casal com relação à frequência, duração e intensidade dos encontros sexuais. Caso um dos parceiros esteja insatisfeito com qualquer um destes fatores, ele(a) acabará por levar esta insatisfação à outras áreas do relacionamento, causando uma tensão ainda maior na vida do casal.


A Vida em Comum


Compartilhar os momentos da vida juntos é o que traz a renovação do relacionamento de casal. Sair com os amigos, viajar, participar de cursos ou simplesmente sair para jantar juntos são alguns acontecimentos que unem e enriquecem a vida dos cônjuges. Uma vida em comum alimenta o companheirismo, a amizade e o vínculo entre os parceiros. Muitas vezes é esta vida em comum que dá a energia e a confiança para cada parceiro enfrentar e superar os desafios da vida.


A Aceitação do Outro


Este é talvez o fator mais difícil de ser alcançado no relacionamento à dois, pois envolve o auto-conhecimento e o auto-enfrentamento. Isso acontece porque a aceitação do outro só acontece quando cada um consegue realmente aceitar a si mesmo, ou seja, aceitar a família em que nasceu e/ou cresceu, aceitar o seu próprio corpo, as suas próprias limitações e a sua própria história de vida. É através desta auto-aceitação que podemos realmente enxergar o outro como ele(a) é: um ser humano igual à você em essência, mas com diferentes formas de se manifestar. Aceitar o outro basicamente significa dizer sim ao jeito do(a) parceiro(a) sem desejar qualquer mudança em sua atitude, postura, valor ou forma de se manifestar e, é neste ponto que muitas pessoas encontram resistências que geram tensões e conflitos de relacionamento. A realidade é que não existem qualidades ou defeitos no outro, mas sim atitudes e comportamentos que são agradáveis ou desagradáveis à um dos parceiros.


Existem também outros fatores influenciam todo relacionamento de casal, como a comunicação entre os parceiros, o equilíbrio entre o dar e receber, e os vínculos com parceiros anteriores que serão abordados em artigos futuros.


Autor: Saulo Fong

Twitter: @SauloFong

Coaching Afetivo

http://www.coachingafetivo.com.br


Gostou ? Compartilhe:


  Compartilhar